sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Feliz 2014! Isto é... Turismo!

É isso ai... Feliz 2014 à todos os Guias de Turismo, Turistas e todos nossos leitores. Retornei à cidade esta semana, após uma viagem ao litoral norte, mas confesso que, por mais que outro lugar seja magnífico, com suas praias e belezas, a nossa Mogi das Cruzes, nos dá aconchego, nos dá prazer, nos satisfaz, enfim, nos faz sentir em casa, com nossa família, afinal: “nossa casa é nossa casa”. E buscando notícias na imprensa local constatei que o Trem Turístico virá à nossa cidade, uma vez por mês. Isso mesmo, somente uma vez por mês e, sabe-se lá o motivo, pois desde sua criação em Junho de 2009 pela Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos e pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, com o apoio da Prefeitura de Mogi e da Secretaria de Estado do Turismo, o Expresso Luz-Mogi, as viagens eram quinzenais. Nem vou questionar, mas se observarmos as viagens, enquanto o percurso Luz-Jundiaí é realizado todos os sábados e o percurso Luz-Paranapíacaba, pelo menos, três vezes, o de nossa cidade continua com previsão de apenas uma viagem por mês. Com a palavra, nossos administradores públicos.

1º VIAGEM DO ANO DO EXPRESSO LUZ-MOGI

A primeira viagem do Expresso Turístico Luz-Mogi das Cruzes, está marcada para o próximo dia 12. Composição especial comportando 88 passageiros tem seu passaporte ao custo de R$ 34,00 (adquiridos na própria Estação da Luz), não incluindo os passeios pelos roteiros turísticos oferecidos pela nossa cidade (rurais, ecológicos e históricos).

Para um turista e um acompanhante, o valor é de R$ 51,00 e ainda há a opção de fretamento de um vagão inteiro para grandes grupos, com capacidade de até 88 lugares. Maiores informações entrem no site da CPTM: www.cptm.sp.gov.br .

MOGI PARA MOGIANOS

Mogi possui centro histórico, uma área rural magnífica, além de bons parques municipais que garantem um bom passeio dentre eles: o Parque Centenário e o Parque Leon Feffer.

Uma opção para que está em Mogi, são os roteiros de city tour Mogi para Mogianos, que também se inicia neste próximo dia 12, domingo, às 10 horas e os bilhetes devem ser adquiridos antecipadamente ao custo de R$ 5,00 para a primeira pessoa e até o terceiro acompanhante, R$ 2,50, no Centro de Informações turísticas, no Parque Centenário, ponto de partida do ônibus.

Nesta primeira viagem, os turistas farão uma visita pela história e cultura de Mogi, conhecendo as Igrejas do Carmo, o Santuário Bom Jesus, o Centro de Cultura e Memória Expedicionários Mogianos, o Museu Visconde de Mauá, o Mercado Municipal e o Monumento Obelisco. Já no dia 19, o roteiro será rural, tendo como destinos: os sítios Matsuo e Nakahara, ambos no bairro do Cocuera e no dia 26, o roteiro ecológico que fará um passeio pela Fazenda Rio Grande, no Distrito de Taiaçupeba.

Esse programa foi feito para você conhecer o potencial turístico de nossa cidade. Nossa Cidade tem vários distritos e bairros com lugares interessantes para visitar, e ainda oferece opções de turismo, tais como Rural, ecológica, cultural e religiosa. São passeios bem organizados, monitorados com guias treinados e com uma recepção ímpar. Não percam. Informações pelo telefone (11) 4726-9920.

A ORIGEM DO NOME DA CIDADE

O nome Mogi é uma alteração de Boigy, que por sua vez vem de M’Boigy. A palavra quer dizer “Rio das Cobras”. Esta era a denominação que os índios davam a um trecho do Rio Anhembi ou Tietê. Quando a Vila foi criada, em 1611, devido ao costume de adotar o nome do padroeiro, passou a ser denominada “Santa Anna de Mogy Mirim”.   

Mirim, na língua indígena, quer dizer pequeno, provavelmente referindo-se ao ribeiro da aguada da Vila, o Mogi Mirim. Ao nome oficial da Vila foi acrescido, pouco mais tarde pela linguagem popular o termo “cruzes”. A origem vem do costume dos povoadores da primitiva Villa de Santa Anna das Cruzes de Mogi de indicar com cruzes as demarcações dos limites da Vila. E Mogi escreveu-se com “g”, como se pode ver no requerimento de 1611, feito por Gaspar Vaz e outros pedindo a elevação da povoação à vila.


Até a próxima!