quarta-feira, 20 de abril de 2011

Lenda do escravo Sebastião

Como no último domingo não teve saída , essa semana vou postar uma lenda de nossa cidade, retirada do livro do Isaac Grinberg - Folclore de Mogi das Cruzes :

A LENDA DO ESCRAVO SEBASTIÃO
É a um agricultor de São José do Paraitinga (depois Salesópolis), feriu seu patrão em legítima defesa, foi processado e julgado.
Outros informam que o preto avocara a si um assassinato, por mandado de seu senhor, o qual lhe garantira a absolvição e, como prêmio, a alforria.
Entretanto, seja qual for a versão certa, o fato é que o preto Sebastião foi julgado e condenado à morte. E em cumprimento da sentença, foi enforcado em espetáculo público a que compareceu muita gente ...

O enforcamento do escravo Sebastião não foi o único na Mogi das Cruzes de antigamente. Nenhum outro, entretanto, teve a repercussão que o dele alcançou, transformando-se numa lenda que chegou ao nossos dias.
Conta a lenda que no dia aprazado grande número de pessoas rodeava a forca, levantada no local onde hoje se encontra a Rua Dr. Cândido Vieira.
A final, chega o condenado, o carrasco passa-lhe a corda no pescoço e dá o puchão de estilo. Mas a corda se rompe!
Repete-se a cena. E a corda parte-se outra vez!
Ainda uma terceira vez, diante dos assistentes incrédulos, corta-se novamente a corda!
Quando os presentes exigiam que se suspendesse a execução, aos gritos de   “ É inocente!...”, passa pelo local um tropeiro, que oferece ao carrasco um laço trançado com tiras de couro, com o qual, finalmente, o escravo é enforcado diante da assistência já assombrada.
Conta ainda a lenda que o tropeiro deixou o local e não andou muito, pois logo a seguir foi acometido de loucura e despenhou-se com o seu cavalo num precipício, tendo morte horrível....

 A lenda do escravo Sebastião atravessou os anos até que em 1902 inaugurou-se, no próprio local da forca, a capelinha de São Sebastião, em memória do triste episódio.
Até hoje, os devotos do patrono do enforcado dali vão solicitar suas graças acendendo inúmeras velas, numa cena que se repete há dezenas de anos e que revive, em cada chama, o drama que assombrou os nossos avós e que chegou até hoje, envolto na mesma aura de mistério e de piedade...



Espero que vcs tenham gostado......
 
O próximo roteiro será no dia 24/04 . Roteiro Ecológico no parque Municipal.
Se interessou??? Para fazer o passeio é muito simples, todo domingo saímos do Parque Centenário ás 10:00, é só se dirigir ao Posto de Informações turísticas na entrada do Parque a partir das 8:00 ou ligar na Catamarã Turismo durante a semana pelo tel (011) 4738-4478  e falar com o Fernando.

E o mais legal de tudo, preços super acessíveis :
1 pessoa = R$ 5,00
2 pessoas = R$ 7,50
3 pessoas =  R$ 10,00
4 pessoas = R$ 12,50

Bjos e vejo vocês no domingo